X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade

Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 240 milhões de pessoas sejam diabéticas em todo o mundo, representando 6% da população. Segundo uma projeção internacional, até 2025 a população de diabéticos irá aumentar em mais de 50%, passando para 380 milhões de pessoas. A enfermidade, relacionada ao excesso de peso, à falta de exercícios físicos, à má alimentação e ao envelhecimento, afeta todo o organismo. Para este Dia Nacional e Mundial do Diabetes, desenvolvemos um pequeno guia para auxiliar no cuidado e prevenir a doença. Confira:


SONO

O diabetes é caracterizado pelo aumento anormal do açúcar no sangue. Fonte de energia para o corpo, a glicose é importante na quantidade correta, no entanto, em excesso, pode ocasionar sérios problemas à saúde. Mas o que a doença tem a ver com o sono? Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex, explica que, enquanto dormimos, o sono reequilibra o organismo produzindo uma série de hormônios vitais ao funcionamento da saúde. “A falta de sono também inibe a produção de insulina pelo pâncreas (hormônio responsável por retirar o açúcar do sangue), além de elevar a quantidade de cortisol, o hormônio do estresse, que tem efeitos contrários aos da insulina, podendo levar o indivíduo a um estado pré-diabético ou, mesmo, ao diabetes propriamente dito”, explica.

Pequenas mudanças comportamentais podem ajudar o indivíduo a atingir uma boa noite de sono, dentre elas, a correção da postura durante o descanso. “A posição de lado é a mais indicada. O ideal é deixar a coluna sempre alinhada, a fim de melhorar a circulação sanguínea e facilitar os estímulos elétricos enviados pelo cérebro aos demais órgãos do corpo. Além disso, é indispensável a utilização de um travesseiro para apoio da cabeça, em altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço. Os joelhos devem estar semiflexionados, com um travesseiro entre eles”, complementa Carolina Carmona, fisioterapeuta da Duoflex e especialista em Medicina do Sono.


Sobre a Duoflex
Empresa 100% nacional, a Duoflex está presente há 25 anos no mercado, totalmente focada na produção de travesseiros de alta tecnologia, voltados para a saúde do sono. Lançou com exclusividade no Brasil a espuma especial viscoelástica NASA, além de ter sido a primeira empresa da América do Sul a fabricar travesseiros Natural Látex e a única a produzir os travesseiros de Altura Regulável. Site: www.duoflex.com.br

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados