X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade
DORMIR NO FRIO AJUDA A EMAGRECER

Quem nunca desejou dormir e acordar sem aqueles quilinhos extras que tanto incomodam? Parece sonho, mas pode se transformar em realidade. Um estudo realizado pela US National Institutes of Health, agência de pesquisa médica dos Estados Unidos, chegou à conclusão de que as temperaturas mais baixas fazem com que o metabolismo acelere para manter o corpo aquecido.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores recrutaram voluntários homens para dormir em salas com temperatura controladas. Durante quatro meses, os participantes usavam os mesmos lençóis, pijamas e recebiam refeições idênticas para garantir que a quantidade de calorias ingeridas fosse igual. Após tê-los colocado para dormir em três temperaturas diferentes (um mês em 18°, dois meses em 23° e um mês em 27°), os cientistas perceberam que quando os voluntários dormiam em temperaturas mais baixas, emagreciam.

O frio pode sim, ser um aliado para emagrecer. Porém, outro fator determinante para a perda de peso é uma noite bem dormida. De acordo com Renata Federighi, Consultora do Sono da Duoflex, a má qualidade do sono está intrinsecamente relacionada aos fatores preventivos da obesidade, além de ser essencial para o equilíbrio de todas as funções fisiológicas e psicológicas do organismo. “Sono de má qualidade é um fator que pode influenciar na atividade metabólica do ser humano, afinal, enquanto dormimos, os níveis de leptina aumentam, sinalizando que temos energia suficiente para o momento. E na privação do descanso, os níveis desse hormônio diminuem e o corpo sente necessidade de ingerir maiores quantidades de carboidratos, aumentando o armazenamento de calorias”, explica.

Abaixo, confira algumas dicas da especialista para equilibrar o metabolismo, emagrecer e melhorar a qualidade do sono:

• Na hora do jantar consuma saladas cruas, legumes cozidos, carboidratos integrais e proteínas magras;
• Diminua o consumo de bebidas alcoólicas quando o sol se põe. Apesar de causarem sonolência promovem o relaxamento da faringe e comprometem a respiração;
• Não beba café, chá-mate, chá-verde e refrigerantes a base de cola e guaraná, após as 18h;
• Na ceia, escolha entre fruta fresca, suco natural, leite magro e chás de ervas calmantes como camomila, erva-doce ou hortelã.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados