X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade
Não deixe que o horário de verão afete o seu sono

À meia-noite do dia 20 de outubro (domingo), os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, deverão adiantar o relógio em uma hora, data marcada para o início do horário de verão. A mudança é adotada todos os anos para aproveitar melhor a luminosidade do dia nesta época, reduzindo assim, o consumo de energia nos horários de pico.

Para a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, esta mudança, no entanto, pode comprometer a saúde das pessoas. “Perder uma hora de sono pode parecer pouco, porém, o cérebro sente muito mais do que podemos supor, sobretudo, em relação à alteração da produção hormonal e fragmentação do sono”, esclarece. Para muitas pessoas, esta variação tende a causar irritabilidade, estresse, baixa produtividade, cansaço, fraqueza muscular, dores de cabeça, mau humor, alteração do apetite e diminuição na capacidade de concentração.

A especialista acrescenta que, para que o indivíduo não sinta exaustivamente a entrada do horário de verão, o mais indicado é começar a organizar a rotina aos poucos, cerca de duas semanas antes, para que o relógio biológico vá se acostumando até a entrada do novo horário. “Na maioria das vezes, queremos ir para cama no horário que estamos acostumados, mas temos que acordar uma hora antes para iniciar o dia. As pessoas que menos sofrem são as que conseguem estabelecer uma rotina mais rápida de sono, alimentação e compromissos no horário novo”, explica.

Manter a disciplina faz com que o seu relógio biológico entenda e se adapte mais facilmente ao horário. Afinal, quando a gente dorme, ocorrem alterações psicológicas e hormonais que dependem dessa regularidade. “Durante a noite, acontece a troca e regeneração celulares, com a liberação do Hormônio do Crescimento (GH), que ocorre principalmente nas fases mais profundas do sono. Além do GH, o sono reequilibra o organismo produzindo também, a serotonina, hormônio responsável pela sensação de prazer, e impede a acumulação de cortisol, que melhora o humor e a boa disposição”, ressalta Renata.

. Confira algumas dicas da Consultora do Sono da Duoflex para que o horário de verão não afete a qualidade do seu sono:

. Pelo menos, duas semanas antes do início do horário de verão, comece a ir para a cama um pouco mais cedo. Escolha o sábado e o domingo, por exemplo, para ir acostumando seu relógio biológico ao novo horário;

. Escolha um ambiente com temperatura agradável, silencioso e escuro para dormir. A luz prejudica os ciclos biológicos e interrompe a produção hormonal (cortisol e melatonina), causando a sensação de cansaço pela manhã;

. Escolha o travesseiro mais adequado ao seu biótipo e postura ao dormir. O travesseiro deve preencher completamente o espaço existente entre a cabeça e o colchão, formando um ângulo de 90º no pescoço, mantendo coluna cervical e lombar sempre alinhadas. Durma, de preferência, de lado, com as pernas semiflexionadas e mantenha um travesseiro baixinho entre elas para evitar a rotação da coluna e os atritos entre os joelhos e os tornozelos;

. Um sono reparador mantém a saúde em dia, melhora a disposição e o desempenho das atividades intrínsecas para qualquer indivíduo. Procure descansar, pelo menos, de sete a oito horas. Isso contribui para o funcionamento normal do cérebro e para os processos de memória.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados