X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade
Não fique em dívida com o sono

As finanças pessoais têm tirado o seu sono? O estresse, a ansiedade e as preocupações já se tornaram constantes? Se a situação financeira não está caminhando bem e o descanso está sendo comprometido, saiba que passar as noites acordado, pensando numa solução para os problemas, poderá ocasionar sérios prejuízos à saúde, sobrecarregando o sistema imunológico e podendo levar, em longo prazo, a doenças cardiovasculares ou gastrointestinais, diabetes e tendência à obesidade.

Segundo a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, dormir não é apenas uma necessidade de descanso físico e mental, pois é durante o sono que ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, podem afetar o equilíbrio de todo o organismo. “A incompletude ou privação do sono pode ocasionar cansaço, sonolência durante o dia, irritabilidade, alterações repentinas de humor, perda da memória de fatos recentes, comprometimento da criatividade e dificuldade de concentração. Enfim, quem fica virando na cama buscando uma solução dificilmente encontrará uma resposta eficaz para as dificuldades financeiras”, explica.

A especialista acrescenta ainda que a falta de sono faz com que o corpo não produza as substâncias necessárias para o seu bom funcionamento. “A privação do sono leva, por exemplo, a uma diminuição nos níveis de leptina, o hormônio que inibe o apetite, e ao aumento do hormônio grelina, responsável pela estimulação do apetite. Além disso, um repouso de qualidade ajuda a impedir a acumulação de cortisol, hormônio responsável pelo humor e pela boa disposição; e auxilia a produção da serotonina, responsável pela sensação de prazer”. Confira algumas dicas essenciais, principalmente para quem está numa situação financeira delicada.

1 - Busque ajuda. Dividir o problema com alguém tranquiliza e reduz a angústia. Uma consultoria financeira ou o apoio de familiares e amigos pode ajudá-lo a reorganizar o seu orçamento. Planeje-se, corte os gastos desnecessários e busque quitar as dívidas com os seus credores. Renegocie, buscando linhas de crédito com taxas mais baixas, por exemplo, e passe a viver de forma compatível com a sua renda mensal, sem excessos;

2 - Ainda que seja difícil, tente não levar os problemas financeiros para a cama. Isso só aumenta a preocupação, a ansiedade e a fantasia por resultados que, talvez, nem ocorram. Procure deixar as dificuldades para serem resolvidas durante o dia, mesmo porque, dificilmente, algo poderá ser resolvido durante a madrugada. Na impossibilidade tente ao menos transferir os problemas ou projetos para um papel e deixe para retomar o assunto no dia seguinte, com a cabeça tranqüila e com o corpo descansado;

3 - Um sono reparador mantém a saúde em dia, melhora a disposição e o desempenho das atividades intrínsecas para qualquer indivíduo. Descanse, pelo menos, de sete a oito horas. Isso contribui para o desenvolvimento normal do cérebro e para os processos de memória que, neste caso, serão imprescindíveis para a resolução de problemas;

4 - Para uma noite de sono plena é necessário que o ambiente esteja escuro. A luz prejudica os ciclos biológicos e prejudica na produção hormonal, pois, quando se dorme na claridade as produções de cortisol e melatonina são interrompidas, dando uma sensação de cansaço pela manhã;

5 - Mantenha o quarto arejado e ventilado. Para dormir, utilize roupas leves e confortáveis e travesseiros que permitam manter a postura correta, capazes de alinhar a coluna cervical com o tronco. O uso do travesseiro em altura e suporte apropriados ao biótipo de cada um faz com que a postura de descanso favoreça a anatomia fisiológica da coluna, permitindo com que a pessoa se levante bem disposta e sem dores no corpo no dia seguinte, além de não comprometer a qualidade de vida do indivíduo, ao longo do tempo;

6 - Procure relaxar. Até três ou quatro horas antes de deitar faça alguns movimentos tranquilos de alongamento. Ao liberar a adrenalina, o exercício físico aquece e relaxa a musculatura, evitando lesões, dores musculares e problemas ortopédicos.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados