X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade
DIA DO CAFÉ

O Brasil inteiro tem um aroma peculiar. E ele vem de um delicioso e quentinho café, que tem data para comemoração hoje dia 14 de Abril. Famoso no mundo inteiro, nutritivo, estimulante e detentor de um sabor apaixonante, o ilustre “pretinho” possui estas e muitas outras características que fazem da bebida a preferida e uma das mais consumidas pelos brasileiros. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as pessoas ingerem diariamente cerca de quatro a cinco xícaras, o que coloca o cafezinho no topo da lista de consumo per capita de vários alimentos.

Além de ser conhecida como excitante, por conta da célebre cafeína, a bebida produz alguns efeitos curiosos no organismo, principalmente quando se fala da sua relação com o sono. Mas afinal, o café tem mesmo o poder de inibir algumas horas de repouso ou isso já virou um mito?

Pesquisa recente realizada pela Universidade Técnica de Lisboa constatou que o consumo moderado de cafeína – cerca de cinco cafezinhos por dia – pode sim reduzir o período de sono. Inclusive, uma observação significativa do estudo é que, o tempo de repouso diário dos voluntários sob o efeito da substância, foi reduzido em 45 minutos.

Segundo a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, há pessoas, no entanto, que acabam tornando-se condicionadas ou tolerantes aos efeitos da cafeína. “Nestes casos, mesmo que a pessoa imagine que não interfira no tempo de sono, a substância atrapalha, sim, a qualidade do descanso. Por ser excitante, ela aumenta o número de despertares, por isso, aconselhamos sempre evitar toda e qualquer bebida que contenha cafeína em sua fórmula algumas horas antes de dormir”.

Mas, o que fazer para consumir o tão famoso cafezinho e ainda garantir um sono revigorante? Renata explica que, como tudo em excesso não faz bem, é possível conciliar a dosagem moderada de café por dia e, ainda ter um sono de qualidade, levando em consideração algumas dicas:

·  Evite o consumo de café, chás ou refrigerantes à base de cola antes de dormir. Estes alimentos contém cafeína e prejudicam o sono. Para se ter uma noção, o tempo de permanência da cafeína no organismo é de aproximadamente oito horas;

·  Procure dormir ao menos oito horas por noite. Estas horas fazem com que o organismo realize todas as funções necessárias durante o período noturno, além de proporcionar um descanso merecido;

·  Utilize travesseiros adequados ao seu biótipo e de acordo com suas preferências pessoais. O modelo Altura Regulável é um dos mais indicados, pois possuem três camadas internas e possibilitam quatro opções de altura. O travesseiro adequado ajuda a prevenir problemas de coluna, podem evitar a transpiração e, até mesmo, acabar com a recorrência de crises alérgicas;

·  Tomar um banho morno ajuda a tirar todas as impurezas do corpo acumuladas durante o dia, além de ajudar a refrescar e, principalmente, relaxar;

·  Evite refeições pesadas antes de deitar e, sobretudo, alimentos que promovam o aumento dos níveis de insulina (acionando assim o metabolismo). Quanto maior a refeição noturna, maior dificuldade de ingestão e pior o sono;

·  Procure dormir em ambientes escuros. A luz prejudica os ciclos biológicos e a produção hormonal, já que, na claridade as produções de cortisol e melatonina são interrompidas, causando uma sensação de cansaço pela manhã;

·  Evite distrair-se com outras atividades já estando deitado na cama. Algumas pessoas acreditam que ver TV, por exemplo, até ajuda a adormecer, porém, o que acontece é que o indivíduo não dorme profundamente, despertando vez ou outra.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados