X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade

A desatenção ao volante é uma das principais consequências de uma noite mal dormida. De acordo com dados da Associação Brasileira do Sono (ABS), o sono é responsável por 20% dos acidentes e 30% das mortes no Brasil. Além disso, os números da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também mostram que 28% dos desastres são causados pelo fato de dormir mal, o que acaba gerando sonolência ao dirigir.
A Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, alerta que é indispensável que o indivíduo esteja com o sono em dia antes de pegar a estrada. “Uma boa noite de sono é de extrema importância para qualquer pessoa, principalmente para quem viaja ou dirige por um longo período. A falta de sono provoca diversas consequências, como redução da capacidade de raciocínio, falta de atenção, perda dos reflexos, falhas de memória, sonolência, dentre outras”, afirma.
Na luta contra o sono no trânsito, é comum que muitas pessoas tomem café, energéticos, ou molhem o rosto durante o trajeto. No entanto, esses são métodos paliativos. “Não são medidas 100% eficazes. Quando o condutor sentir que o sono chegou, a melhor opção é parar o carro e tirar algumas horas de sono”, complementa.

A consultora ainda destaca a importância de um descanso de, em média, sete a oito horas por dia, para que os prejuízos da privação do sono não surjam em longo prazo. “O sono também deve ser renovador, para isso a postura correta é fundamental durante toda a noite”, ressalta Renata.
Um sono de qualidade implica em medidas simples, que podem evitar os imprevistos nas estradas. Confira agora as dicas da consultora:
· Evite dirigir entre meia-noite e 8 horas da manhã ou logo após o almoço. Nesses horários, normalmente, a temperatura do corpo cai e o indivíduo sente mais sonolência;
·Procure dormir de sete a oito horas por dia. Apesar de esse tempo variar de pessoa para pessoa, é importante sentir o corpo descansado e com uma boa disposição antes de assumir o volante;
·A postura correta ao dormir é imprescindível para um sono revigorante. A posição de lado é a mais indicada pelos especialistas. Utilize um travesseiro para apoio da cabeça, em altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço. Os joelhos devem estar semiflexionados com um travesseiro ou um Rolinho, por exemplo, entre eles;
·Realize atividades físicas, sobretudo, caminhadas, que ajudam a deixar o corpo mais disposto antes de assumir o volante. Já no trânsito parado, aproveite para fazer alguns exercícios de ginástica laboral para melhorar a oxigenação e as articulações;
·Café e cigarro podem despertar temporariamente, mas não evitam a sonolência;
·Mantenha horários fixos para dormir e acordar. Isso colabora para que seu relógio biológico não seja afetado.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados