X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade
RONCA DURANTE A NOITE? ENTENDA OS MOTIVOS E OS TRATAMENTOS

Dormir pode se tornar uma tarefa difícil quando dividimos a cama com alguém que ronca. O ruído, além de incomodar, é um indicativo de possíveis problemas respiratórios. Segundo a Associação Brasileira do Sono, cerca de 40% dos adultos sofrem com esse distúrbio. Mas afinal, ele realmente atinge mais os homens do que as mulheres?

A verdade é que os homens são mais propensos a esse tipo de problema e isso se deve, sobretudo, a anatomia masculina. De acordo com a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, os fatores biológicos têm papel de destaque. “O corpo masculino produz hormônios, como a testosterona, que favorecem a flacidez da faringe e o estreitamento da garganta”, explica.

A especialista ainda destaca o fato de que nem todo ronco é igual. Classificado como benigno, o posicional é aquele em que o som é continuo e não há grandes oscilações durante a noite. Já o segundo tipo é o rítmico, caracterizado pela irregularidade da respiração e por picos de parada respiratória que duram de 5 a 10 segundos. “O último merece atenção redobrada, pois pode sinalizar a síndrome da apneia do sono”.

Conforme a idade avança, as chances de desenvolver o distúrbio vão se igualando para ambos os gêneros. Além disso, fatores como obesidade, tabagismo, consumo excessivo de álcool e alterações no humor contribuem para acentuar o quadro.  “A mudança de hábito é fundamental para evitar o problema do ronco. Incluir no seu dia a dia uma alimentação saudável, evitar os excessos e incluir atividades físicas vão ajudar tornar as noites mais silenciosas”, informa a especialista.

O diagnóstico médico é essencial para um tratamento correto do problema, mas para casos iniciais a mudança do posicionamento na hora de se deitar é capaz de diminuir ou até eliminar o barulho. “O ronco é proveniente do bloqueio das vias aéreas. Deitar de barriga para cima contribui para isso”. A especialista indica a posição lateral, com um travesseiro dando suporte à cabeça e outro entre as pernas semiflexionadas. “Um colchão ideal, que não seja muito duro e nem afunde, também é importante para a reeducação postural e noites mais tranquilas”, finaliza.

Sobre a Duoflex

Empresa 100% nacional e referência mundial em tecnologia do sono, a Duoflex está presente há mais 25 anos no mercado, totalmente focada na produção de travesseiros de espumas especiais de alta qualidade e performance, voltados para a saúde e o bem-estar de seus usuários. Lançou, com exclusividade no Brasil, a espuma especial viscoelástica NASA, além de ter sido a primeira empresa da América do Sul a fabricar travesseiros de látex natural, extraído da seringueira. Dentre os diversos modelos, desenvolveu e patenteou o mais avançado sistema de molas em travesseiros, o Spring Case, que garante conforto e sustentação ideais para o sono. Criou também o inovador travesseiro ALTURA REGULÁVEL o original e refrescante GELFLEX NASA e o modelo BEAUTY FACE, que ameniza a formação de rugas durante o sono, reforçando assim sua imagem como empresa inovadora. Recentemente, lançou o DUOHYBRID, colchão premium embalado à vácuo. Ao reunir espumas especiais de altíssima qualidade ao mais eficiente e moderno sistema de molas, o DuoHybrid oferece o equilíbrio perfeito entre conforto, suporte, controle de temperatura e durabilidade, atendendo aos mais variados perfis, posições e preferências para o sono. Site: www.duoflex.com.br

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados. Política de privacidade