X
Se você é lojista
Entre em contato com os nossos canais de venda
0800 14 5737
Se você é consumidor final
Entre em contato com nosso SAC para indicações
0800 707 3703
*Compras efetuadas em sites de terceiros
não são de nossa responsabilidade

Você já parou para pensar se tem tido uma boa noite de sono? E se sua mente e corpo estão descansando como precisam? Pois bem, noites mal dormidas podem desencadear sérios problemas para a saúde.

Muitas vezes colocamos o sono em segundo plano em nossa vida, devido a rotina cheia de compromissos e metas a serem atingidas. Entretanto, é importantíssimo ter em mente que quando cuidamos da nossa saúde e bem-estar, e, ainda, planejamos o nosso dia a dia, automaticamente, aumentamos também a nossa produtividade.

Para saber se o seu sono está em dia e se você está realmente dormindo bem, atente-se às seguintes questões:

Quanto tempo você demora para dormir?

Você é daquelas pessoas que “desmaiam” logo que deitam na cama ou demora um tempão para conseguir pegar no sono? Isso que dizer muito sobre o quanto você está se dando tempo para descansar.

A dificuldade em conseguir “desligar” pode significar que você está dormindo mal, portanto, esse é o primeiro fator que você deve considerar para avaliar a saúde do seu sono.

Quantas vezes você acorda de madrugada?

Especialistas apontam que acordar quatro vezes ou mais durante a noite é um indicativo de que você está tendo noites mal dormidas. Se você fica muito tempo acordado durante a madrugada, também é um sinal de alerta.

Você tem uma rotina para o seu sono?

Grande parte das pessoas não possuem uma rotina saudável para o sono, por não darem a devida importância para isso. Todavia, estabelecer um horário para dormir e para acordar, faz com que o seu corpo se habitue com essa rotina. Se você tem dificuldades para dormir, isso pode te ajudar a ter um sono mais saudável.

Outro fator importante que deve ser levado em consideração é a quantidade de horas dormidas. Especialistas recomendam que se durma entre 7 e 9 horas por noite. Porém, isso pode variar de acordo com a idade e depende de pessoa para pessoa. Muito mais importante que as horas de sono, é a qualidade do sono. O ideal é dormir a quantidade de horas suficiente para acordar com a sensação de que realmente descansou. Se acordar com mais vontade de ficar na cama, é sinal que não dormiu o necessário.

Como você se sente durante o dia?

A maneira como você se sente durante o dia diz muito sobre a qualidade do seu sono. Pessoas que dormem mal tendem a sentir-se sonolentas frequentemente, além de apresentarem irritabilidade, dificuldade de concentração, falta de raciocínio, déficit cognitivo, mau humor, cansaço, dentre tantos outros sintomas.

Se você não tem se sentido bem e disposto no dia a dia ou tem dificuldades em realizar suas atividades, pois se sente sem energia, isso pode indicar noites mal dormidas.

Noites bem dormidas, melhoram sua qualidade de vida!

Se você entende a importância de dormir bem e quer melhorar a qualidade do seu sono, o primeiro passo é começar a priorizar o seu horário de dormir. Estabeleça um horário para ir para a cama, e um horário para acordar.

Uma dica que pode te ajudar a ter boas noites de sono é se desligar dos eletrônicos, pelo menos uns 30 minutos antes do seu horário de dormir, prezar por um ambiente escuro e silencioso. Aposte em travesseiros e colchões de qualidade, que respeitem a curvatura natural da sua coluna e forneçam sustentação e conforto necessários para o seu biótipo e posição escolhida para o sono.

No dia a dia, dê preferência a hábitos saudáveis, como alimentação regrada e prática de atividades físicas. Planeje suas atividades e não leve problemas e preocupações para a cama. Busque esvaziar a mente, nem que tenha que transcrever seus pensamentos e pendências num pedaço de papel, e se permita descansar.

Você só terá forças para ser a sua melhor versão amanhã, se tiver uma noite de pleno relaxamento hoje.

Se você gostou desse conteúdo, veja essas 7 dicas de como ter uma melhor noite de sono em dias mais frios.

Compartilhe
© Duoflex 2018 - Todos os direitos reservados